quinta-feira, 9 de maio de 2013

Já não estás na terceira dimensão


Hélène – Sempre me interessei muito por ascensão e nas terapias costumava medir o nível de vibração das pessoas, tentando sentir a evolução da terapia. Constatava que a maior parte das pessoas/clientes vinham com a alma adormecida e na terceira dimensão e o corpo na terceira dimensão. De vez em quando, apareciam pessoas com a alma acordada e vibrando na quarta ou na quinta dimensões, mas o corpo físico delas estava na terceira dimensão. E havia outras pessoas que tinham, para além da alma, também o corpo a vibrar na quarta ou na quinta dimensões.

Costumava medir as minhas vibrações com regularidade e elas estavam sempre na terceira dimensão! E a minha alma estava sempre a dormir!
Encontrava à minha volta muitas pessoas que nasciam na quinta dimensão e com as dificuldades da vida baixavam as suas vibrações para a terceira dimensão. Já na época, o meu trabalho de Terapia Multidimensional levava-me a fazer limpezas, resgates, e isso sempre acompanhado pelos Seres de Luz. Depois, os Seres de Luz activavam a alma e o corpo físico dos meus clientes que passavam a vibrar na quarta e depois na quinta dimensão. Estas vibrações eram as vibrações naturais destes seres que nós chamamos “crianças e adultos da Nova Era”, “crianças índigo, cristal”, etc.
Os meus filhos também tinham estas características, de ter a alma acordada e vibrar na quinta dimensão. E ficava eu um pouco confusa porque eu era curadora e não tinha nada! Vibrava na terceira dimensão.

Quando estava a ser feita uma activação de ascensão, eu costumava sentir a presença de Jesus, Maria e Saint Germain e ficava muito feliz! Concentrava-me no meu coração e eles faziam a ascensão dos meus clientes.

Certa vez, depois de um belo dia de atendimentos, sinto uma informação em pensamento. Foi no dia 17 de Agosto. A informação dizia: “Hélène, estás na quarta dimensão”. Eu fiquei muito comovida. Depois, comecei a duvidar, pois as minhas esperanças eram subir o meu nível de vibrações e fazia muitas limpezas interiores para isso poder acontecer. Depois lembrei-me que eu tinha encomendado uma canalização em francês a uma pessoa conhecida nas ilhas Maurícias para me ajudar a evoluir. E eu já tinha pago a canalização e estava à espera de a receber. Intuitivamente, a sensação que vinha e dava a informação da quarta dimensão ia ser confirmada dentro desta canalização.
A canalização chegou dia 18 de Agosto, que é o dia da festa de Santa Hélène, um dia muito importante em França. A canalização era de Sananda-Jesus. Ele pedia-me para voltar a ser como antigamente, mais atenta às comunicações com Ele e com os Seres de Luz. Era preciso que eu aceitasse abrir mais o meu coração. Vinham mais algumas outras informações pessoais e uma frase: “Hélène, tu já não estás na terceira dimensão! Ihihih!”. Eu fiquei completamente apanhada. A informação que mais precisava receber era essa.

Voltei a dar mais atenção às comunicações dos Seres de Luz. A pedido de Kryon comecei a canalizar. Explicaram que a passagem pela quarta dimensão durava muito pouco tempo. Era uma passagem transitória. Efectivamente, em Dezembro, foi feita a minha ascensão na companhia de um grupo de cinco pessoas ao todo na Serra da Gardunha – Portugal. Fiquei muito feliz. Muito feliz mesmo.

Voltámos às sessões de terapia. Houve uma sessão em que eu senti novamente a presença de Maria, Jesus e Saint Germain. Senti-me muito contente, ía haver outro trabalho de ascensão! Então fiquei focada no coração escutando e ouvi um Ser de Luz a dizer: “Agora vais ser tu a fazer a ascensão.” E eu respondi: “Sim, como de costume, vocês é que vão fazer!”. Eles responderam: “Hoje, tu é que vais fazer.” Eu respondi: “Então como é que eu faço?” E Eles responderam: “Faz.” E eu perguntei: “Mas como?!” E Eles: “Faz.” “Mas eu não sei fazer!” – disse eu. E Eles disseram: “Mas faz!” Então eu entreguei-me, concentrei-me no coração e as sensações começaram iguais àquelas que eu sentia quando Eles faziam a ascensão. Depois de um tempinho, Eles disseram: “Já está. Ele ascensionou. Está na quinta dimensão.” Foi assim que se deu a minha formação para a ascensão.

Actualmente os Seres de Luz ensinam-nos que a ascensão não pode ser provocada. A ascensão é um processo natural que ocorre quando se retiram os obstáculos à sua ocorrência. Assim, agora sei que tudo o que os seres de luz me ensinaram naqueles momentos iniciais foi a intencionar ascender a pessoa. E essa intenção removeu a ultima pedra que impedia a pessoa de ascender. Foi um momento muito bonito e inocente, muito puro, que guardo bem profundo no meu coração.

in "O Coração Cura a Alma" de Helene Abiassi e João Carlos Paliteiro